Pular para o conteúdo principal

Lages: Informatização facilitará acesso aos dados


O Pronto Atendimento Tito Bianchini, no Centro de Lages, testa há cerca de 20 dias o Prontuário Eletrônico que permite ter cadastro de todos os pacientes atendidos. Ainda este ano, o sistema deve ser instalado em todas as unidades de saúde. 

O sistema também permite avisar aos pacientes que aguardam atendimento, quem será atendido de acordo com a gravidade do caso e não com a ordem de chegada. Essa inovação no atendimento também  foi levada ao Parque Conta Dinheiro, sem custo para a Prefeitura.  

A empresa responsável pelo sistema é a Inovadora. Segundo o diretor administrativo e financeiro da Secretaria da Saúde, Maurício Batalha Machado, o objetivo é que todas as unidades de saúde possam contar com essa tecnologia que vai permitir que os dados de um paciente atendido pela Secretaria de Saúde possam ser acessados pelos trabalhadores da saúde.  


Ao fazer uma consulta em uma unidade de saúde, por exemplo, o médico poderá acessar o prontuário desse paciente pelo computador, ficará sabendo quantas vezes ele foi examinado por um médico, se já esteve no Pronto Socorro e até a medicação que recebeu. Machado acredita que dessa forma o atendimento será mais ágil e os custos da saúde serão diminuirão. 

Até o final de junho o prontuário eletrônico será implantado em uma unidade de saúde. “Temos de treinar as pessoas e testar”, comenta o diretor.

A Farmácia Básica de Lages (que distribuiu medicamento de graça para a população) também será informatizada até o final do ano. Será instalado o leitor ótico para o controle do estoque. Até agora, o controle do estoque da farmácia não passa de 80%, e com o leitor ótico poderá alcançar 100%. 

Fonte: Correio Lageano, em 04 de Junho de 2013.

Foto: Susana Küster

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Palhoça informatiza sistema de saúde com o G-MUS

Na busca de agilizar o atendimento e diminuir a burocracia em toda a Rede Municipal de Saúde, a Prefeitura Municipal de Palhoça / SC está informatizando todo o sistema com o software G-MUS da Inovadora.


O posto Cambirela foi o primeiro a ser informatizado 100% e o projeto vai se estender para todas as unidades de Saúde de Palhoça. O projeto de informatização vai unificar o cadastro dos cidadãos palhocenses, em todos os módulos de atendimento garantidos pela Constituição Federal. 

O sistema vai armazenar dados, com informações sobre atendimentos e tratamento médico, odontológico, atendimento nas farmácias, registros das vacinas e procedimentos laboratoriais. “Todas as informações dos pacientes estarão registradas no prontuário que poderá ser acessado pelo nome ou pela impressão digital (biometria) do cidadão”, afirma Camilo.


No cadastro informatizado, o sistema ainda vai unificar informações do prontuário que revelam quais os medicamentos que o paciente está usando, inclusive as retiradas…

Saiba como fica o registro de vacinas com o fim do SI-PNI

O Ministério da Saúde, através da PORTARIA nº 2.499 de 23/09/2019, anunciou o fim do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI e API Web) será encerrado no prazo de 60 (sessenta) dias, contados a partir da publicação desta Portaria.
Com isso, o registro de dados de aplicação de vacinas e de outros imunobiológicos a ser realizado nas Unidades de Atenção Primária à Saúde deverão ser realizados exclusivamente no Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC); na Coleta de Dados Simplificada (CDS); ou nos sistemas próprios ou de terceiros devidamente integrados ao SISAB, de acordo com a documentação oficial de integração disponível no sítio eletrônico do e-SUS AB.

Informamos também que Inovadora já possui em seu sistema o módulo de Imunizações (vacinas) que contempla os registros das aplicações de vacinas e de outros imunobiológicos e estará sendo integrado ao SISAB, bem como as adaptações conforme a documentação oficial disponibilizada e o prazo do Ministério.
Os clientes que…

Sapucaia do Sul implantou o sistema G-MUS na Secretaria de Saúde

O município localizado na região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, iniciou hoje as atividades com o nosso sistema de gestão para a saúde municipal, o G-MUS. 

Com cerca de 140 mil habitantes, a informatização da Saúde em Sapucaia do Sul irá atender de forma qualificada o cidadão, melhorando a gestão e aproveitando melhor os recursos.