Pular para o conteúdo principal

Atendimento 100% via tablet em Pimenta Bueno / RO


A saúde tem sido beneficiada pelo crescimento dos recursos a partir do uso da mobilidade e informatização da saúde. O acesso a dados, cadastros, medicamentos e atendimentos através de tablets é uma realidade no município de Pimenta Bueno, em Rondônia.




A cidade, com pouco mais de 33 mil habitantes segundo dados do IBGE, já conta com 40% de sua população cadastrada no sistema de saúde. Conforme Sylvio Carlos de Paula, secretário municipal de Saúde, a meta é chegar a 100% em abril deste ano.

Atualmente, uma equipe de 79 agentes comunitários de saúde trabalha junto às famílias dos mais de 20 bairros pimentenses portando um tablet de 7 polegadas. Sylvio afirma que conheceu a mobilidade voltada para a área da saúde através de projetos que estão em andamento em Nova Mutum, Arenapolis e Nortelândia, no Mato Grosso. “Solicitei uma visita técnica para entender os detalhes e percebi que nossa cidade teria muitos ganhos”, afirma o gestor que vê na mobilidade uma forma de sistematização e que beneficia o processo. “A inovação é uma ferramenta muito importante, temos que usá-la a nosso favor”.

Pimenta Bueno, que utiliza mobilidade desde outubro de 2014, foi a primeira cidade do norte de Rondônia a utilizar as soluções móveis. Entre os ganhos obtidos estão a agilidade no atendimento e o acompanhamento em tempo real as ações dos agentes comunitários de saúde durante suas visitas em tempo real.

Fonte: TWI, Prefeitura de Pimenta Bueno

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hospital Nossa Sra de Fátima implantou o sistema G-HOSP, em Praia Grande - SC

A implantação e o treinamento do sistema de gestão hospitalar G-HOSP foi realizado nesta semana na Associação Hospitalar Nossa Senhora de Fátima, em Praia Grande, Santa Catarina.





Palhoça informatiza sistema de saúde com o G-MUS

Na busca de agilizar o atendimento e diminuir a burocracia em toda a Rede Municipal de Saúde, a Prefeitura Municipal de Palhoça / SC está informatizando todo o sistema com o software G-MUS da Inovadora.


O posto Cambirela foi o primeiro a ser informatizado 100% e o projeto vai se estender para todas as unidades de Saúde de Palhoça. O projeto de informatização vai unificar o cadastro dos cidadãos palhocenses, em todos os módulos de atendimento garantidos pela Constituição Federal. 

O sistema vai armazenar dados, com informações sobre atendimentos e tratamento médico, odontológico, atendimento nas farmácias, registros das vacinas e procedimentos laboratoriais. “Todas as informações dos pacientes estarão registradas no prontuário que poderá ser acessado pelo nome ou pela impressão digital (biometria) do cidadão”, afirma Camilo.


No cadastro informatizado, o sistema ainda vai unificar informações do prontuário que revelam quais os medicamentos que o paciente está usando, inclusive as retiradas…

Sapucaia do Sul implantou o sistema G-MUS na Secretaria de Saúde

O município localizado na região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, iniciou hoje as atividades com o nosso sistema de gestão para a saúde municipal, o G-MUS. 

Com cerca de 140 mil habitantes, a informatização da Saúde em Sapucaia do Sul irá atender de forma qualificada o cidadão, melhorando a gestão e aproveitando melhor os recursos.