Pular para o conteúdo principal

Integração E-SUS / SI-PNI e a atualização dos clientes para a versão 3.0 do E-SUS

Considerando o lançamento da versão 3.0 do E-SUS pelo DAB em 16 de julho de 2018; a publicação da nota informativa 167/2018 - CGPNI/DEVIT/SCS/MS; a necessidade de orientar nossos clientes, revendas e parceiros acerca da versão 3.0 do E-SUS e suas implicações, iluminados pelas normas e instruções federais;

Acerca do uso do SI-PNI:
Conforme citado na nota informativa 167/2018 - CGPNI/DEVIT/SCS/MS:

“Os municípios que já utilizam o SI-PNI (web, desktop ou API Web) para registros de ações de vacinação deverão permanecer utilizando estes sistemas para registro e envio de dados até que seja concluído o processo de integração entre as bases de dados do SISAB/e-SUS AB e do SIPNI. Ressalta-se que o SIPNI continua sendo o sistema oficial para registro de dados de vacinação e avaliação da situação vacinal nas três instâncias de gestão do SUS, até a conclusão das seguintes etapas:
(i) a completa integração das bases de dados do SISAB/e-SUS AB com o SIPNI;
(ii) conclusão e validação conjunta do teste piloto de integração do SISAB/e-SUS AB com o SI-PNI, pela CGPNI e CGAA;
(iii) a homologação do processo de integração do SISAB/e-SUS AB com o SI-PNI, pelo GT-I&I/CIT.”

Isto posto, informamos que o G-MUS permanece totalmente integrado ao SI-PNI e, que o envio dos dados não sofrerá alteração diante desta nota informativa, estando todos nossos clientes resguardados neste sentido.

Quanto a atualização da versão do E-SUS em nossos clientes:
Mantemos a orientação já fornecida de que não deve ser atualizada a versão do E-SUS nos clientes, visando garantir a compatibilidade do envio dos dados.


Sem mais, permanecemos a disposição para dirimir eventuais dúvidas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hospital Nossa Sra de Fátima implantou o sistema G-HOSP, em Praia Grande - SC

A implantação e o treinamento do sistema de gestão hospitalar G-HOSP foi realizado nesta semana na Associação Hospitalar Nossa Senhora de Fátima, em Praia Grande, Santa Catarina.





Palhoça informatiza sistema de saúde com o G-MUS

Na busca de agilizar o atendimento e diminuir a burocracia em toda a Rede Municipal de Saúde, a Prefeitura Municipal de Palhoça / SC está informatizando todo o sistema com o software G-MUS da Inovadora.


O posto Cambirela foi o primeiro a ser informatizado 100% e o projeto vai se estender para todas as unidades de Saúde de Palhoça. O projeto de informatização vai unificar o cadastro dos cidadãos palhocenses, em todos os módulos de atendimento garantidos pela Constituição Federal. 

O sistema vai armazenar dados, com informações sobre atendimentos e tratamento médico, odontológico, atendimento nas farmácias, registros das vacinas e procedimentos laboratoriais. “Todas as informações dos pacientes estarão registradas no prontuário que poderá ser acessado pelo nome ou pela impressão digital (biometria) do cidadão”, afirma Camilo.


No cadastro informatizado, o sistema ainda vai unificar informações do prontuário que revelam quais os medicamentos que o paciente está usando, inclusive as retiradas…

Sapucaia do Sul implantou o sistema G-MUS na Secretaria de Saúde

O município localizado na região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, iniciou hoje as atividades com o nosso sistema de gestão para a saúde municipal, o G-MUS. 

Com cerca de 140 mil habitantes, a informatização da Saúde em Sapucaia do Sul irá atender de forma qualificada o cidadão, melhorando a gestão e aproveitando melhor os recursos.