Pular para o conteúdo principal

Novo Hamburgo ganha prêmio com projeto de tecnologia em Saúde



O projeto “Tecnologia Aplicada aos Serviços de Saúde”, da Secretaria Municipal de Saúde, ganhou o Troféu Prêmio Gestor Público Especial 2018, em cerimônia realizada em Porto Alegre, nesta terça-feira, dia 6.

A cidade de Novo Hamburgo utiliza os softwares de gestão da Inovadora há mais de 7 anos: G-MUS (Secretaria e equipamentos públicos de saúde); G-HOSP (Hospital Municipal) e G-UPA (Unidades de Pronto Atendimento 24h).


A iniciativa possibilitou interligar postos, hospitais, farmácias e laboratórios, alimentando prontuários eletrônicos dos pacientes com informações de exames laboratoriais e de imagem compartilhados em tempo real, o que qualificou e agilizou o atendimento, além de otimizar o gerenciamento de insumos e reduzir custos.

“É muito emocionante para nós porque tem um gostinho muito especial. Um gosto de vitória, de uma luta grande, mas, principalmente, por ser um exemplo este trabalho da tecnologia da informação voltada à saúde. Ao chegar na Prefeitura de Novo Hamburgo, identificamos um grupo de servidores públicos desenvolvendo este projeto. Vimos que, ali havia um grande projeto, mas que estava lá escondido. Potencializamos e demos liberdade para que este grupo trabalhasse. Agora, acontece o reconhecimento!”, falou a prefeita Fátima Daudt, ao receber o prêmio.

Novo Hamburgo também foi premiado com o Troféu Prêmio Gestor Público com o projeto Escola Sustentável, da Secretaria Municipal de Educação, e Certificado de Reconhecimento com Escola Mais Segura, das secretarias de Segurança e de Educação

Dos 134 projetos inscritos no Prêmio Gestor Público (PGP) 2018, 43 foram contemplados com 12 troféus – 10 PGP, um Especial e um Destaque Administração Tributária, 21 certificados de reconhecimento e 10 menções honrosas.

O Prêmio Gestor Público é uma promoção do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Tributária do Estado do RS (Sindifisco-RS) e da Associação dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do RS (Afisvec) e conta com a participação especial da Assembleia Legislativa, patrocínio do Banrisul e apoio da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), Associação dos Juízes do RS (Ajuris), Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP) e Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado (Fecomércio RS).


SOBRE OS PROJETOS VENCEDORES DE NOVO HAMBURGO:

SAÚDE

Tecnologia da Informação Saúde: o processo de informatização da Rede Pública de Saúde em Novo Hamburgo nasceu das dificuldades e limites que a Secretaria Municipal de Saúde vivenciava cotidianamente com a ausência de integração entre seus serviços de saúde espalhados geograficamente num território de aproximadamente 223 km² e 249.000 habitantes. Planejar, acompanhar, regular, identificar pontos de gargalos, identificar problemas, reduzir custos e tomar decisões eram tarefas executadas pelo gestor do SUS baseadas em experiências da equipe de profissionais ou em dados estatísticos equivocados que não correspondiam a realidade da totalidade dos serviços.

Novo Hamburgo decidiu que o uso da Ciência e Tecnologia aplicada aos serviços de saúde era o melhor caminho para administrar os recursos de saúde, trazer inovações tecnológicas e com isso entregar um serviço público de maior qualidade ao cidadão.

Assim, adotou-se uma solução tecnológica única que permitiu a integração de todos os serviços da rede pública de saúde: Rede de Atenção Básica, Especializada, Urgência/Emergência e Hospitalar, com suporte 24 horas por dia nos 7 dias da semana, permitindo ao gestor acompanhar através dos atendimentos de toda a rede o trabalho desenvolvido nas políticas públicas de saúde, gerenciar seus insumos, diminuir o desperdício e principalmente qualificar e agilizar o atendimento através do uso do “Prontuário eletrônico do paciente”, sonho antigo que através da implementação deste projeto tornou-se realidade em solo hamburguense.

EDUCAÇÃO

O Projeto Escola Sustentável – PES surgiu nas discussões realizadas durante as formações do Grupo Coletivo Educador Ambiental – Novo Hamburgo. Reorganizando os Indicadores de Sustentabilidade em metas a serem medidas com instrumentos construídos coletivamente. No ano de 2017, surgiu o desejo de certificar e reconhecer aquelas escolas que desenvolvem boas práticas de sustentabilidade. Para que esta certificação ocorra faz-se necessário avaliar e orientar as escolas em relação a ações possíveis a serem construídas e colocadas em prática. Serão realizadas avaliações constantes e periódicas a fim de incluir as escolas da rede municipal de ensino de Novo Hamburgo, neste processo. As ações do Setor de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Educação serão organizadas para instrumentalizar as escolas para participarem do projeto e alcançarem as metas propostas. As metas serão organizadas até 2020, conforme cronograma, e cada meta envolve um conjunto de temáticas e proposições que fizeram parte da formação do Coletivo Educador Ambiental e que instrumentalizarão a escola para construírem suas estratégias.


SEGURANÇA E EDUCAÇÃO

O Escola Mais Segura é um programa que tem sido amplamente discutido na Câmara Técnica de Prevenção do GGI-M e coordenado de forma integrada entre as secretarias de educação e segurança. Desde 2016, com intervenção da Guarda Municipal, através de controle de trânsito no entorno escolar, da presença nas escolas na mediação de conflitos, policiamento comunitário escolar prevenindo e inibindo crimes e atos infracionais, com patrulhamento preventivo proporcionando sensação de segurança na comunidade escolar. A Secretaria de Educação através das equipes diretivas das EMEF é responsável pelo registro das violências nas escolas, oportunizando a capacitação para o uso do sistema(ROVE), além de disponibilizar equipes multiprofissionais para acompanhar a problemática apresentada através dos registros, desenvolvendo diversas ações entre elas: Palestras de prevenção ao uso de álcool e outras drogas, educação de trânsito, rondas, Guarda Mirim, Bullying e Legislação Estatuto da Criança e do Adolescente e Código Penal (ECA e CP), atendimentos de ocorrências, alarmes, formação continuada para todas as equipes envolvidas. As secretarias vêm atuando no planejamento de forma articulada na dimensão de prevenção às violências nas escolas municipais ao longo dos últimos anos, com vistas a implementar a política municipal de prevenção às violências, proporcionando sensação de segurança a comunidade escolar.





Fontes:
Prefeitura de Novo Hamburgo
Site oficial do Prêmio Gestor Público





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Palhoça informatiza sistema de saúde com o G-MUS

Na busca de agilizar o atendimento e diminuir a burocracia em toda a Rede Municipal de Saúde, a Prefeitura Municipal de Palhoça / SC está informatizando todo o sistema com o software G-MUS da Inovadora.


O posto Cambirela foi o primeiro a ser informatizado 100% e o projeto vai se estender para todas as unidades de Saúde de Palhoça. O projeto de informatização vai unificar o cadastro dos cidadãos palhocenses, em todos os módulos de atendimento garantidos pela Constituição Federal. 

O sistema vai armazenar dados, com informações sobre atendimentos e tratamento médico, odontológico, atendimento nas farmácias, registros das vacinas e procedimentos laboratoriais. “Todas as informações dos pacientes estarão registradas no prontuário que poderá ser acessado pelo nome ou pela impressão digital (biometria) do cidadão”, afirma Camilo.


No cadastro informatizado, o sistema ainda vai unificar informações do prontuário que revelam quais os medicamentos que o paciente está usando, inclusive as retiradas…

Saiba como fica o registro de vacinas com o fim do SI-PNI

O Ministério da Saúde, através da PORTARIA nº 2.499 de 23/09/2019, anunciou o fim do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI e API Web) será encerrado no prazo de 60 (sessenta) dias, contados a partir da publicação desta Portaria.
Com isso, o registro de dados de aplicação de vacinas e de outros imunobiológicos a ser realizado nas Unidades de Atenção Primária à Saúde deverão ser realizados exclusivamente no Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC); na Coleta de Dados Simplificada (CDS); ou nos sistemas próprios ou de terceiros devidamente integrados ao SISAB, de acordo com a documentação oficial de integração disponível no sítio eletrônico do e-SUS AB.

Informamos também que Inovadora já possui em seu sistema o módulo de Imunizações (vacinas) que contempla os registros das aplicações de vacinas e de outros imunobiológicos e estará sendo integrado ao SISAB, bem como as adaptações conforme a documentação oficial disponibilizada e o prazo do Ministério.
Os clientes que…

Sapucaia do Sul implantou o sistema G-MUS na Secretaria de Saúde

O município localizado na região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, iniciou hoje as atividades com o nosso sistema de gestão para a saúde municipal, o G-MUS. 

Com cerca de 140 mil habitantes, a informatização da Saúde em Sapucaia do Sul irá atender de forma qualificada o cidadão, melhorando a gestão e aproveitando melhor os recursos.