Pular para o conteúdo principal

Ministério da Saúde lança o programa Cuida Mais Brasil

O programa será voltado à atenção primária de crianças e mães


Para garantir mais acesso e cuidado às mulheres e crianças no Sistema Único de Saúde (SUS), o Ministério da Saúde lançou, em janeiro de 2022, o Cuida Mais Brasil. O Governo Federal irá repassar, no primeiro ano do programa, R$ 194 milhões para atuação de médicos pediatras e ginecologistas-obstetras junto às equipes de Saúde da Família e de Atenção Primária. Assim, esse atendimento ficará mais perto das Unidades Básicas de Saúde (UBS) em todo Brasil.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga destacou a importância da medida. “Esse investimento para apoiar os municípios a construir conosco essa nova realidade do sistema de Saúde é uma sinalização concreta do que nós podemos ter no futuro da assistência à saúde no Brasil. Não mediremos esforços nesta luta, para que o princípio constitucional de saúde como direito fundamental, de todos, e dever do Estado, se concretize”, disse, durante a solenidade de lançamento da iniciativa.

Atualmente, 5,7 mil pediatras e 5,3 mil ginecologistas-obstetras estão vinculados diretamente a 1.311 e 1.364 equipes, respectivamente, sem incentivo financeiro federal. O Cuida Mais Brasil vai incentivar a inclusão desses profissionais na Atenção Primária, aumentando a capacidade de atendimentos nas UBSs. Com o programa, a estimativa do Ministério da Saúde é que o número de pediatras aumente para cerca de 8 mil profissionais e 7 mil ginecologistas-obstetras atuando na APS em todo país.

O programa busca fortalecer o cuidado materno-infantil e a atuação dos médicos pediatras e ginecologistas-obstetras; aumentar a capacidade da Atenção Primária para resolver os problemas de saúde; ampliar profissionais médicos apoiando as equipes; apoiar e complementar as equipes da APS na condução de condições crônicas, ciclos da vida e condições epidemiológicas prioritárias para o SUS.

Também presente na cerimônia de lançamento, o secretário de Atenção Primária à Saúde (Saps), Raphael Câmara, destacou o esforço da pasta para que o atendimento siga um padrão onde as demandas de saúde da população sejam sanadas na Atenção Primária, sem ter de passar para outras áreas. “Nosso objetivo com esse investimento também é que tantos as gestantes como as crianças pobres tenham um tratamento como os dos mais ricos”. Câmara aproveitou o momento para apresentar ações da Saps pelo país frente à saúde da mulher.

Participaram, ainda, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), Mayra Pinheiro. Completaram a mesa a secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, Rosa Melo e a secretária substituta da Saps, Daniela Ribeiro.

Atenção Primária à Saúde

Entre dezembro de 2019 a dezembro de 2021, houve um aumento de 15% no número de equipes da APS financiadas pelo Ministério da Saúde. Ao observar os atendimentos à população geral, especificamente nos meses de agosto, setembro, outubro e novembro de 2019 e 2021, identificou-se um aumento de 15% nos atendimentos na APS.

Vale destacar que, considerando somente os municípios que contam com pediatras vinculados às equipes, há diferenças entre os índices. Nesses municípios, as equipes que possuem apoio de pediatras registram um aumento de 53% nos atendimentos, e as que não têm registram um aumento somente de 4%.

Quer saber mais? Assista este vídeo no Youtube

Fonte: Ministério da Saúde

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Palhoça informatiza sistema de saúde com o G-MUS

Na busca de agilizar o atendimento e diminuir a burocracia em toda a Rede Municipal de Saúde, a Prefeitura Municipal de Palhoça / SC está informatizando todo o sistema com o software G-MUS da Inovadora. O posto Cambirela foi o primeiro a ser informatizado 100% e o projeto vai se estender para todas as unidades de Saúde de Palhoça.  O projeto de informatização vai unificar o cadastro dos cidadãos palhocenses, em todos os módulos de atendimento garantidos pela Constituição Federal.  O sistema vai armazenar dados, com informações sobre atendimentos e tratamento médico, odontológico, atendimento nas farmácias, registros das vacinas e procedimentos laboratoriais.  “Todas as informações dos pacientes estarão registradas no prontuário que poderá ser acessado pelo nome ou pela impressão digital (biometria) do cidadão”, afirma Camilo. No cadastro informatizado, o sistema ainda vai unificar informações do prontuário que revelam quais os medicamentos que o paciente está usando, inclusi

Esclarecimentos sobre o Programa Saúde na Escola (PSE)

INFORME TÉCNICO O Programa Saúde na Escola (PSE), instituído pelo Decreto nº 6.286/2007 ; regulado pela Portaria nº 1.055/2017 ; desenvolvido pelo Ministério da Saúde e Educação; propõe 13 ações de promoção da saúde, prevenção de doenças e acompanhamento das condições clínicas dos educandos; Articulação, planejamento e realização conjunta das equipes de Atenção Primária à Saúde e da Educação Básica Pública no território. A empresa Inovadora preocupada com a inserção dos dados de produção vem alerta-los para informações corretas junto aos lançamentos e validação fichas de atividade coletiva. O prazo de envio da produção de 2021 se encerra dia 31 de março de 2022. As 13 ações do PSE: Saúde Ambiental; Promoção das práticas Corporais, da Atividade Física e do lazer nas escolas; Prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas; Promoção da Cultura de Paz, Cidadania e Direitos Humanos; Prevenção das violências e dos acidentes; Identificação de educandos com possíveis sinais de agrav

Inovadora Sistemas marca presença em dois importantes eventos de tecnologia e saúde!

A semana foi de intensa atividade para a Inovadora Sistemas! Participamos de dois eventos importantes para o setor de saúde e assistência social. Começando pela Assembleia de Verão 2023, em parceria com a Stepz Soluções, tivemos a oportunidade de apresentar nossas soluções em tecnologia para um público seleto e interessado em inovação. Desenvolvidos com respeito, responsabilidade e perseverança, nossos sistemas visam apoiar o trabalho dos servidores e profissionais da saúde, buscando sempre a humanização e a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Foi um momento enriquecedor de troca de ideias e de aprendizado mútuo. Já no 36º Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo, realizado de 15 a 17 de março em São Pedro/SP, tivemos a honra de apresentar nossas soluções integradas e de alto desempenho para gestão administrativa, financeira e assistencial, além de mostrar nossos trabalhos no cenário público e privado ao longo de mais de 30 anos. O tema deste ano fo